um dia na Disneyland & Disney California Adventure

DSC_0263Vocês sabiam que tem Disney aqui no sul da Califórnia? Eu não fazia ideia, até meu marido vir para cá. Como ele veio antes de mim, ele me contou tudo sobre esse região (ou pelo menos o que ele tinha descoberto até então), e isso incluia uma Disney a 15 minutinhos da cidade onde íamos morar em breve. Eu nunca tive aquele sonho de conhecer a Disney como muitas pessoas têm (ou já tiveram), mas é claro que fiquei super curiosa para conhecer o parque!

Outra coisa que eu não sabia: a Disney da Califórnia, mais conhecida aqui como Disneyland Park, foi o primeiro parque da Disney. Aberto ao público em 1955 (o da Flórida surgiu em 1971, com o nome de Walt Disney World), ele é bem especial pelo fato de ter sido construído com a direção direita do nosso amigo Walt, que pôs todo seu coração em fazer um parque que deixaria lembranças inesquecíveis em todos que o visitassem.  E na Disney California é isso mesmo que você sente, mesmo não sendo super fã da Disney: dá para sentir no ar o clima mágico, e dá para ver que tudo foi feito com muito cuidado e carinho. Infelizmente, Walt Disney morreu antes do parque da Flórida começar a ser construído.

Separei o texto com dicas e experiências para o post ficar menos confuso. Aí vão algumas coisas uteis de se saber caso você queira visitar a Disney da California:

A Califórnia e suas duas Disneys

Na verdade, aqui na Califa tem duas Disney: a Disneyland e a Disney California Adventure. Essa segunda foi lançada mais recentemente, em 2001 (bem ao lado da “tradicional”), e é bem bacana também. Já fui nas duas e resolvi compartilhar com vocês como foi o passeio.

www.charactercenter.net
http://www.charactercenter.net

DSC_0219Antes de tudo, preciso falar que não recomendo ir aos dois parques no mesmo dia. Eles são enormes e é humanamente impossível visitar bem os dois em um dia só. Fazer uma visita meia boca até que dá, mas ninguém vai querer fazer isso, né?

Mas e aí, qual escolho? Disneyland ou Disney California Adventure?

A primeira vez que fui à Disney foi em 2013, quando o Dudu, meu cunhado, veio nos visitar. A gente ficou super na dúvida em qual Disney ir — vale mais a pena conhecer a tradicional e sentir o verdadeiro ~espírito disneylândico~, ou ter altas ter altas emoções no parque mais novo? Chegamos ao consenso de que seria mais bacana conhecer a tradicional e ver se toda aquela magia existia mesmo. Mas por que vocês não foram nos dois? Bom, pela simples razão de que é MUITO caro. Já, já chego na parte dos preços, por enquanto só posso ir falando que ele não é nada mágico.DSC_0265Por sorte (ou esperteza) a gente acabou indo nas duas Disney aquele dia. Vou explicar melhor: a gente comprou o ingresso para ir na Disneyland (o parque tradicional), mas chegando lá, a gente meio que se arrependeu. Era tudo bonito e tal, mas os meninos sentiram falta de brinquedos mais radicais. Eu não faço questão nenhuma disso (sou medrosa mesmo, fazer o que), mas Thi e Dudu ficaram #chatiados.

Como fazia só uma hora, mais ou menos, que tínhamos entrado no parque, decidimos tentar mudar nossos ingressos para a  Disney California Adventure. Conversamos com um pessoal lá da entrada e uma moça que trabalhava lá mudou nossos ingressos numa boa. Ela escreveu alguma coisa nos bilhetes e avisou que não poderíamos entrar na Disneyland de novo com aquele ingresso, e lá fomos nós! Acabamos conhecendo os dois parques pelo preço de um — e juro que não foi malandragem (dessa vez), foi só muita cara de pau, mesmo.

Escolher qual Disney é melhor visitar é uma decisão muito pessoal e depende dos seus objetivos ao fazer o passeio. Você curte aventuras radicais e brinquedos mais diferentes? A Disney California Adventure é perfeita para você, e de quebra você vê personagens fofíssimos da Disney. Mas se você é fã de carteirinha das animações e quer sentir aquele clima de magia que conhecemos nos filmes e desenhos, você vai amar visitar cada pedacinho da Disneyland Park.

Quantos custa os ingressos para visitar a Disney?

Chegou a parte não tão agradável: a de comprar os ingressos. Você pode fazer isso no dia da visita ao parque, lá na entrada — mas ninguém faz isso. É bem mais conveniente comprar pelo site deles e receber os ingressos por e-mail. Aí é só imprimir os tickets ou apresentar o código de barras no seu celular na entrada.disney2O ingresso válido apenas para um dia em um dos dois parques (Disneyland ou Disney Adventure) custa 99 dólares — bem carote, como dizem nossos amigos portugueses. Se você quiser que seu ingresso seja válido por dois dias, eles te dão um “super” desconto de 8 dólares, ficando 92,50 por dia e dando um total de 185 dólares. Caso você queira visitar os dois parques, é preciso dar um upgrade básico no seu ingresso — e pagar mais 40 dólares para isso.

Indo à Disney

Mas vamos falar de coisa boa, né, gente? Vou contar para vocês um pouco de como foi visitar as Disneys. Na verdade, eu fui três vezes lá — a primeira foi com o Dudu, a segunda com a Isa, prima do Titico, e com a Anninha, minha sobrinha, e a terceira foi a mais recente (mês passado), para comemorar o aniversário da nossa amiga Lili. Nas duas primeiras vezes ficamos na Disneyland por 1 horinha só e pedimos para mudar de parque (a segunda vez eu confesso que foi um pouco de malandragem), e na terceira fomos decididos a ir à Disney Adventure, mas acabamos mudando de parque (de novo!) porque os brinquedos mais legais da Adventure estavam fechados para manutenção.

A Disneyland e a Disney California Adventure ficam em Anaheim, uma cidadezinha no sul da California. É pertíssimo de onde eu moro (uns 15, 20 minutos), e perto também de Los Angeles (40, 45 minutos). Eu não curto muito Anaheim porque acho a cidade extremamente turística (claro, né, Gabriela, você queria o quê), mas até que ela é gostosinha para dar um passeio básico. Prepare-se para ver muitos hoteis, resorts e palmeiras por toda a parte.

Em quase todas as vezes que fomos (menos na última) saímos bem cedinho de casa, para chegar na Disney bem na hora do parque abrir. Se estamos gastando 100 dólares em um ingresso, é bom aproveitarmos cada minuto lá, né? Os dois parque abrem às 8 da manhã e fecham às 22h (Disney Adventure) e meia-noite (Disneyland).

Onde estacionar

Chegando lá, fomos direto estacionar o carro. O estacionamento é enorme e separado por áreas — cada área tem o novo de um personagem da Disney, a fofura já começa aí. Grave o nome do lugar e número de onde você parou, se não quiser se perder em um mar de carros. Como o estacionamento é bem longinho, há vários ônibus disponíveis para levar o pessoal até o parque.

www.flickr.com
http://www.flickr.com

Uma coisa que não é muito fofa no estacionamento: o preço de 17 dólares para deixar seu carro lá. Não há outra opção — a não ser que você esteja disposto a andar 20 minutos ou mais para chegar ao parque –, então o negócio é aceitar esse roubo e pagar logo.

Os parques

Vou escrever um livro contar um pouco como foi a experiência nos dois parques, misturando um pouco todas as vezes que fui lá.

Na última vez que fomos, apresentamos nosso bilhete virtual na entrada e lá fomos nós à Disney California Adventure! O dia estava lindo, para variar: céu azul, sol e pássaros cantando. Eu acho engraçado como o humor de qualquer um melhora quando se está na Disney — sério, agora eu acredito que aquele é o lugar mais feliz do mundo (por mais problemática que essa frase seja). Mas essa é uma parte que eu gosto muito daquele lugar: por mais que existam problemas naquilo, é um lugar onde é impossível ficar triste — por mais chato que você seja. E malemal, os parques da Disney traz lá seus benefícios para a California, uma vez que ela emprega mais de 20 mil funcionários diretos e mais de 5 mil tercerizados. A Disney também tem fama de pagar decentemente quem trabalha nos parques, além de oferecer ótimos benefícios.DSC_0225Apesar de não ser tão mágico quanto a Disneyland, a California Adventure também tem uma pitada de magia Disney no ar. Apesar de só se ver lojinhas e mais lojinhas no início do parque, os prédios têm os designs mais fofos do mundo e são bem estilizados. Falando em lojas, se prepare para deixar uma parte do seu dinheiro lá — eu sempre falo não vou comprar nada dessa vez, mas sempre acabo levando uma camiseta ou uma caneca, pelo menos. O legal é que os preços são bem variados, indo de lembrancinhas mais incrementadas e caras até itens com preço camarada, mas bacanas do mesmo jeito.

DSC_0155DSC_0156DSC_0243Dessa última vez que fomos nem olhamos as lojinhas por motivos de já deu o que tinha que dar, então fomos diretos para os brinquedos legais do parque. Mas me lembro bem de quando fui com minha sobrinha de 10 anos — meu deus, a criança pirou nas lojas. E que criança não gosta de orelhinhas da Minnie, bonecos dos seus personagens preferidos da Disney e mais um montão de coisas bonitinhas? Se você for à Disney com crianças (até mesmo se essas crianças já forem adultas), a chave é estipular uma quantia de quantos vocês podem gastar com lembrancinhas. Abrace a quantia planejada e não a largue mais.DSC_0388

Sobre filas & atrações

Bom, mas vamos aos brinquedos, então. Em todas as vezes que fomos era um final de semana, o que significa 100% de certeza de encontrar uma Disney lotada. Acredito que dia de semana seja menos pior, mas de qualquer forma, se prepare para pegar umas filinhas. Aqui vai uma dica bacana para furar as filas de forma legal e ética: há uma maquininha com um negócio chamado FastPass, encontrada em vários brinquedos da Disney. Essa maravilha serve para você “agendar” uma hora para ir aos brinquedos selecionados — por exemplo, se você pegar um FastPass para às 14:30 para andar na montanha russa, é só ir até a atração nesse horário, apresentar o papelzinho e curtir o brinquedo sem precisar enfrentar uma filona.DSC_0431Atenção: caso você queira pegar FastPass de várias atrações, faça isso assim que chegar ao parque. As “reservas” são limitadas e acabam bem rápido.

Na verdade, a gente não pegou quase nenhum FastPass. O tempo de espera para andar nas atrações era de meia hora, mais ou menos, então não nos importamos em esperar um pouco. Pensando bem, agora, as filas não são tão grandes assim — o Thiago já me disse que as do Hopi Hari são bem piores.

Atrações preferidas – Disney California AdventureDSC_0172Como das duas primeiras vezes passamos mais tempo na Adventure, vou falar um pouquinho sobre os brinquedos mais legais que têm lá.  Atenção: Se você curte surpresas e não quer spoilers sobre as atrações, pule essa parte do texto!

The Twilight Zone Tower of Terror é, literalmente, uma torre de puro terror. A primeira vez que fui, fui totalmente sem saber o que me esperava. O Thiago, sabendo que sou medrosa, me disse, não é muito radical, não, fica tranquila! Meu grande erro foi confiar no meu amado marido. Eu estava tão burra cega naquele dia, que estava felizona lá entrando num elevador dentro do prédio, achando que ia só ser uma voltinha um pouco assustadora, mas nada de mais. Eu estava até curtindo, porque eles mostram clipes do Twilight Zone, uma das minhas séries favoritas. Estava tudo ótimo, até que o elevador despencou lá do último andar. Juro que eu não estava esperando por isso, então imaginem minha reação. Na verdade, não tive nem reação! O susto foi tão grande que nem gritar eu consegui, gente. Eu ODEIO alturas, e aquela queda foi um pouco demais para mim. Depois desse dia, volta e meia sonho que estou num elevador muito loco, que cai, anda para os lados e não me deixa sair lá de dentro. Muito obrigada, amor.

DSC_0140DSC_0132 DSC_0124Já a emoção foi pouca, enfrentei novamente a Torre do Terror na segunda vez que fomos à Disney. Eu achei que seria menos assustador, já que dessa vez eu já sabia o que ia acontecer. Realmente foi menos pior, mas não foi bom o suficiente para eu amar esse brinquedo — eu, definitivamente, odeio quedas. Meu marido e meu cunhado amaram a Torre e foram nela umas 7 vezes, sem exagero. E eu fiquei lá, esperando as belezas.

Se você gosta de emoções mais fortes ainda, a California Screamin’ é perfeita para você. A famosa montanha russa tem 37 metros de altura e conta com um loop de 360 graus, ou seja, ~emoção pura~. Eu não fui nenhuma vez e não vou nem que me paguem, gente. É alto, tem várias quedas, e a velocidade que o carrinho vai é absurdamente alta. Não vou, não vou e não vou. Porém, para quem curte motanha russa esse brinquedo é um must go. Dudu e Thiti amaram e repitiram a dose umas três vezes.DSC_0194 DSC_0200Pessoal mais medroso, calma, tem coisas bacanas para vocês (quer dizer, para a gente) também. O Silly Symphony Swing, por exemplo, é um brinquedo super bacana. Pertinho da montanha russa, mas bem menos radical, ele é um balanço bem altinho que fica girando, girando, girando… O ritmo é bom, nem muito rápido, nem muito devagar. Lá do altão você tem uma vista ótima do parque, enquanto toca uma música clássica bacana e você curte uma brisa esperta. PERFEIÇÃO, apenas.

www.disneyparks.disney.go.com
http://www.disneyparks.disney.go.com

Outro que eu amei foi o Soarin’ Over California, um brinquedo que simula (muito bem, por sinal) o voo de um avião pequeno. Nessa “viagem” você pode ver cenários clássicos (e lindos) da Califórnia, como a Golden Gate Bridge, o parque Yosemite, Napa Valley, Palm Springs, Lake Tahoe, Malibu, entres outros lugares maravilhosos. E a coisa é tão real que bateu um medinho algumas vezes — mas era só lembrar que eu estava bem segura, sem sair do lugar, que eu voltava a curtir o “voo”. A música e os cenários épicos contribuem para a experiência, e dá até para sentir o cheirinho cítrico da plantação de laranjas quando passamos por ela. O vento no rosto também dá a impressão que a gente está lá em cimão.

www.miriamposner.com
http://www.miriamposner.com

Outra atração que você não pode deixar de conferir é a Mickey’s Fun Wheel. Essa roda gigante é um pouco diferente — ela tem a opção meio radical e a nada radical. Experimentamos a primeira e foi super legal, já que a “casinha” da roda gigante fica balançando de um lado para o outro, e às vezes rola uma quedinha (bem pequena). Dá um medinho? Não vou negar, gente, me deu, sim. Mas é uma emoção de boa, então qualquer um pode encarar! A vista lá de cima é incrível também.

Se você quer experimentar uma montanha russa junior, a Grizzly River Run é super tranquila. Eu amo esse brinquedo (e odeio montanhas russas), então pode confiar que a emoção é moderada. Se você não se importar de ficar ensopado um pouco molhado depois de andar nele, você também vai adorar esse brinquedo. As quedas não são tão altas e a “correnteza” não é muito forte.IFLast but not least, o Radiator Springs Races é um dos brinquedos mais bonitos e mais novos da California Adventure. Ele é inspirado no filme Carros e conta com vários personagens da animação. Você basicamente entra no “mundo” deles — dentro de um carrinho, você passa pela oficina e pela cidade deles –, e no final rola uma corrida. Pois é, no final vira tipo uma mini montanha russa, mas é hiper mini. Por ser um brinquedo novo (e claro, por ele ser LINDO), o RSR é um dos que mais tem fila. Ficamos duas horas na fila, já que o FastPass para essa atração já tinha acabado. Só falo uma coisa: valeu cada minuto.

Radiator-Springs-Racers-Disney-California-Adventure
http://www.chactercenter.net

Além dessas e de várias outras atrações, a Disney California Adventure tem um show espetacular chamado World of Colors, que acontece no lago artificial que tem lá. Ele começa sempre às 9:45 da noite e mostra cenas inesquecíveis dos filmes da Disney e da Pixar, tudo no meio da movimentação ~intensa~ das águas. É espetacular e vale a pena ficar até esse horário para assistir o show.

E todas as idas à Disney é assim, chegar às 9 e ir embora às 11 da noite. É cansativo, mas vale muito a pena. Diversão garantidíssima!

Atrações favoritas – Disneyland ParkDSC_0255Quando fomos comemorar o aniversário da Lili na Disney mês passado (eu, Thiago, HP e Lili), fomos decididos a ir na Disney California Adventure. Como os brinquedos mais legais estavam em manutenção, decidimos ir para a Disneyland.DSC_0169 DSC_0274Nós nunca tínhamos passado um dia inteiro no parque tradicional, e olha, foi uma experiência muito legal. Eu pude finalmente ver como aquele ambiente é mágico, cheio de toques que marcaram a infância de muitos de nós.

Achei as atrações mais variadas também. Apesar de ter MUITA coisa para crianças menores, a Disneyland conta também com alguns brinquedos um pouco mais radicais, agradando a todos (muito obrigada, Disneyland!).DSC_0317DSC_0412E nós aproveitamos muito esse dia! Fomos em vários brinquedos e visitamos todas as áreas do parque — que é muito lindo, por sinal.

Nós começamos pelas atrações mais tranquilas. Fomos ao Snow White Scary Adventures primeiro, que é tipo um trem fantasma. Dá medo? Dá, se você tiver 3 anos ou menos. Se não, você vai apenas curtir ver a bruxa envenenar a Branca de Neve.DSC_0375 DSC_0385O Storybook Land Canal Boats é outro bem tranquilo. Fomos curtir um passeio curto de barco e no caminho vimos vários cenários clássicos-Disney em miniatura. Fiquei impressionada com a qualidade das “maquetes” e dos ambientes que eles criaram lá. Ficou demais.DSC_0330 DSC_0332 DSC_0342 DSC_0361 DSC_0362Para sentirmos uma emoçãozinha também, partimos para o Indiana Jones Adventure. Eu amarelei na hora e acabei não indo, pensei que fosse muito radical para o meu gosto! Mas depois o pessoal me contou que não é tanto assim, e que a atração é lindíssima. Esse é com certeza um brinquedo que vou da próxima vez — ele é bem famoso também (se prepare para filas) e é um dos mais novos do Disneyland Park.DSC_0393 DSC_0418 DSC_0425Logo em seguida fomos ao Big Thunder Mountain Railroad. Eu não pensei que seria radical, mas acabou que era uma montanha russa. Que sorte a minha, não? Eu acabei curtindo esse brinquedo — apesar das quedas serem um pouco altas, a velocidade é razoável e o “cenário” é super bonito. Vale a pena conferir!

Um dos brinquedos que eu mais curti foi o Star Tours. Amantes de Star Wars vão amar essa atração, já que tudo se passa no mundo do filme/série. Esse é outro que simula voo, mas você não sai do lugar! É hiper real, então pode rolar um enjoo (e um medinho) básico. Basicamente, você entra em uma “nave” e é jogado no mundo do Star Wars, cheio de lutas, sabres de luz e altas confusões. É muito bem feito e você se sente lá mesmo — até demais! Super recomendado.DSC_0282

Lili & Chewbacca
Lili & Chewbacca

O Haunted Mansion é para que curte um terrozinho. Eu até que gosto dessas coisas, só estava com medo de ter quedas — “A” traumatizada. Lá fomos nós, Lili e eu meio apreensivas, e os meninos lá, de boa. Os gritos e os monstrinhos lá dentro são um pouquinho assustadores, mas o fato de não ter altura e quedas me deixou muito feliz! Depois de andar um pouco pela mansão, você é levado até um carrinho. Ele anda devagar e passa por cenários macabros, mas nada além disso.

explicitstudios.deviantart.com
explicitstudios.deviantart.com

Além dessas atrações, a Disneyland tem muitos brinquedos clássicos inspirados nas animações da Disney, como o do chá maluco do Alice no País das Maravilhas, o aviãozinho do Dumbo (a Isa foi e adorou!), o mundo doido do Pateta, e muito, muito mais. Os personagens mais clássicos também estão mais presentes lá — encontramos o Mickey, o Pato Donalds, o Pateta e mais uns outros andando por lá.DSC_0231 DSC_0232 DSC_0161Não posso esquecer de uma coisa incrível que tem na Disneyland: o Fantasmic!, um show com água e fogo que acontece em um “lagão” artificial enorme que tem lá. Nele, o Mickey luta contra forças do mal e chama seus amigos para ajudá-lo — tudo com muita música e “truques” visuais. Não dá para explicar, só vendo mesmo para ver como o negócio é lindo! O show acontece bem tarde, às 9 da noite. Dá para pegar o FastPass para ver tudo de pertinho, mas não conseguimos mais pegar esse atalho. Tivemos que ver meio de longe, mas mesmo assim foi muito legal.

Onde comer na Disney

Se você passar um dia inteiro na Disney, uma hora vai ter que parar para comer alguma coisa, né? Você pode tanto levar uma marmitinha na mochila (é permitido) quanto comer por lá. Têm bastante restaurantes e barraquinhas de comida lá dentro, e os preços são bem variados. Dá para comer um hot dog por 5 dólares (caríssimo, na minha opinião) ou um burrito (massa com arroz, feijão e carne) por 8,99 dólares. Há também outras opções — sopa no pão, coxona de frango, comida chinesa, comida italiana –, mas a fome estava grande e não queríamos gastar muito. Lá fomos nós, então, comer um burritinho.DSC_0176O prato até que veio caprichado e estava bem gostoso. Para acompanhar, uma cerveja bem gelada (SIM, tem bebida na Disney!) porque o calorzinho estava triste.

Precisa falar que tem bastante porcaria para comer, gente? Como na maioria dos parques, tem muito algodão doce, pipoca (que não é porcaria, vai), biscoitinhos confeitados e maçã do amor.DSC_0209 DSC_0213

Recomendações práticas

Ao visitar a Disneyland ou Disney California Adventure:

  • Leve na sua mochila uma garrafinha de água. Não sei quanto custa a água lá porque nunca precisei comprar, mas imagino que não seja barato. Leve uma garrafa e vai enchendo ela com água durante o dia nos diversos bebedouros que têm por lá.
  • Leve um casaco. De dia o solzinho pode estar forte, mas de noite fica bem fresco. Inclua na sua “mala” um casaco quentinho.
  • Leve lanches pequenos. Se o espaço na sua mochila for pequeno e não tem como você levar uma “marmita”, leve pelo menos uns snacks para comer durante o dia. Sempre levo barrinhas de cereal ou alguma fruta, porque só uma refeição no dia não é o suficiente e economizar é sempre bom!

Espero ter mostrado bem as Disneys da Califórnia para vocês, pessoal. Há  mais lugares legais por lá, só que se eu falar sobre todos esse post se transforma em um livro! Para saber mais sobre outras atrações, visitem o site dos parques.

E vocês, já foram na Disney daqui ou da Flórida? Têm vontade de conhecer?

 

 

Advertisements

2 thoughts on “um dia na Disneyland & Disney California Adventure

  1. Rá, agora eu descobri de onde veio a inspiração pro Beto Carrero! Kkkk
    Pois é, tem mt coisa mesmo q parece, inclusive o roubo, digo preço de entrada e estacionamento. Ainda não sei c a experiência vale, pelo menos no parque brasileiro. Ótimas dicas Gabi, valeu!

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s